Área 4 Apoia Projectos Comunitários de Agricultura

A ExxonMobil Moçambique, Limitada (EMML), em nome dos parceiros da Área 4, esta investir US $ 400.000 para promover avanços na produção agrícola na província de Cabo Delgado.

Notícias

Área 4 Apoia Projectos Comunitários de Agricultura

O projecto trabalha com os agricultores locais em Palma Sede para construir túneis de horticultura e fornecer suprimentos para sistemas de irrigação por gotejamento que ajudarão na produção de uma ampla variedade de productos para o mercado local, com menos dependência das condições climáticas. Essa diversificação de produtos contribuirá para melhorar a qualidade da dieta e nutrição das famílias locais. O projecto trabalhará com o clube de jardins da Escola Secundária do Distrito de Palma para incentivar a participação dos jovens no sector agrícola.

"Estamos comprometidos em apoiar os planos de desenvolvimento comunitário e diversificação económico de Moçambique", disse Jos Evens, Director Geral da ExxonMobil Moçambique, Limitada. "A agricultura é um foco particular para o governo moçambicano, à medida que as pessoas passam da agricultura de subsistência para um modelo agrícola comercial que constrói uma cadeia de valor a longo prazo."

Image

Um segundo projecto, a ser implementado na Comunidade de Senga, é focado no ensino das técnicas de produção de mel. Um carpinteiro local será treinado para construir colmeias para 40 agricultores, o que lhes permitirá produzir mel para consumo próprio e para venda nos mercados locais. O projecto irá equipar e treinar um empreendedor local para purificar o mel e vende-lo em grandes quantidades alta qualidade para mercados e lojas maiores.

“A produção de mel não requer limpeza da terra e, portanto, cria uma fonte de rendimento, enquanto conservando recursos florestais valiosos”, continua Evens. "À medida que o projeto de GNL progride, haverá exigências crescentes para serviços de catering, hotéis, apartamentos e residentes, os quais servirão de um mercado para os productos dos agricultores locais. Trabalharemos com as comunidades para melhorar suas técnicas de cultivação, o que lhes permitirá reduzir a quantidade de tempo que passam nos campos, melhorando a qualidade, diversidade e confiabilidade das suas culturas”.

“Moçambique é uma terra de potencial não realizado. Com mais de 36 milhões de hectares de terras aráveis e mais de 15 milhões de pessoas envolvidas na agricultura, poderia alimentar milhões. Mas a agricultura em Moçambique exige trabalho intensivo, e os agricultores não possuem o conhecimento e as tecnologias apropriadas ao clima necessárias para melhorar a produção ”, disse Stefano Gasparini, director Nacional do iDE Moçambique, o parceiro de implementação. "É necessário uma mudança radical para reverter a história de baixa produtividade agrícola de Moçambique e estamos comprometidos em apoiar as comunidades na realização dessa mudança, promovendo fortes vínculos de mercado".

Image

Sobre o Rovuma LNG

O Rovuma LNG é um desenvolvimento de classe mundial que ajudará a fornecer energia confiável e acessível aos clientes e criará valor econômico a longo prazo para os parceiros do projeto e o povo de Moçambique. O projecto inclui a construção de dois trens de liquefação de gás natural, com uma capacidade total de placa de identificação de GNL de 15,2 milhões de toneladas por ano e instalações terrestres associadas.

A ExxonMobil está liderando a construção e operação do componente onshore do Rovuma LNG em nome dos parceiros da Área 4. A Área 4 é operada pela Mozambique Rovuma Venture S.p.A. (MRV), uma joint venture de propriedade da Eni, ExxonMobil e CNPC, que detém uma participação de 70% no contrato de concessão de exploração e produção da Área 4. Além da MRV, Galp, KOGAS e Empresa Nacional de Hidrocarbonetos E.P. cada um detém uma participação de 10% na Área 4.

Sobre o IDE

Há 38 anos que o iDE ajuda os pequenos agricultores da Ásia, África e América Central a aumentar a sua produtividade e rendimento, criando uma infraestrutura de mercado duradoura para satisfazer as suas necessidades. Até à data, o iDE ajudou mais de 30 milhões de pessoas a sair da pobreza através de iniciativas agrícolas, de saneamento e de finanças. O iDE está em parceria com a ExxonMobil no seu programa Access to Markets para implementar eficazmente o apoio ao desenvolvimento comunitário, trabalhando em estreita colaboração com os Serviços Distritais de Atividades Económicas (SDAE) para transferir know-how técnico, garantindo a sustentabilidade do projecto-piloto.